• Confira 5 dicas de iluminação para aprimorar ainda mais a sua fotografia!

    22/01/2019

    Confira 5 dicas de iluminação para aprimorar ainda mais a sua fotografia!

    Brincar com luzes e sombras é um processo fundamental na fotografia. A maneira como você ilumina seu assunto afetará diretamente no resultado do seu trabalho. Usar a técnica fotográfica correta pode certamente fazer muita diferença em suas fotografias. Confira a seguir algumas técnicas de iluminação que ajudarão você a atingir resultados melhores na sua fotografia.

    1. USE UMA AMPLA FONTE DE LUZ

    Quanto mais ampla a fonte de luz, mais suave a luz sairá dela. Uma fonte de luz ampla lança menos sombras e suprime a textura do objeto. Acessórios de iluminação estreitos, como flashes e CFLs, fazem o oposto. Você deve ampliar essas fontes, refletindo sua luz através de um refletor ou difusor, como um softbox ou guarda-chuva. Usar uma fonte de luz ampla é ótimo para fotografar retratos, por exemplo.

    Foto por Severin Sadjina ; Exposição ISO 400, f / 8,0, 1/60 segundos.

    2. COLOQUE SUA FONTE DE LUZ PERTO DO SEU ASSUNTO

    Quanto mais longe a fonte de iluminação, mais forte a luz cairá sobre o assunto. Isso porque, quando a fonte está mais próxima de você, parece ser ampliada, e enquanto quando ela é afastada, a amplitude diminui, tornando-se assim mais estreita. Faça o seu assunto ficar perto de sua fonte de luz ampliada para que sua fonte de luz ilumine o seu assunto de maneira uniforme e natural.

    3. USE A ILUMINAÇÃO FRONTAL CRITERIOSAMENTE

    A iluminação frontal suprime a textura do primeiro plano, o que acaba fazendo com que ele não se enfatize. Portanto, a iluminação frontal pode ser boa para fotografar retratos, onde ela irá ajudá-lo a encobrir cicatrizes e manchas no rosto do seu objeto. No entanto, para uma fotografia de paisagem, em vez de iluminação frontal, é aconselhável escolher iluminação lateral que enfatize a textura das rochas, areia, tijolos, casca de árvore, etc.

    Foto de Christian Collins ; Exposição ISO 100, f / 6,3, 1/20 segundos.

    4. INCLUA SOMBRAS PARA UM VISUAL TRIDIMENSIONAL

    As sombras nem sempre causam efeitos ruins em uma fotografia. Quando você usa criteriosamente, as sombras podem ajudá-lo a dar uma aparência volumosa às suas fotos, projetando, assim, seu objeto no espaço e não em uma superfície plana. O visual tridimensional dado pelas sombras faz suas fotos parecerem reais.

    Foto de Tuncay ; Exposição ISO 400, f / 8,0, 1/80 segundos.

    5. MANTENHA A TEMPERATURA DA COR EM MENTE ENQUANTO FOTOGRAFA

    Mesmo que a luz pareça branca, ela tem cor. Isso não é detectado pelos nossos olhos, mas pelos sensores de nossas câmeras, que registram a escala de cores. Ao fotografar, mantenha sempre essa cor em mente para não estragar nenhuma oportunidade importante. Durante o início da manhã e no final da tarde, a luz do sol tem um tom quente, enquanto durante o meio-dia, é azulada.

    Foto de ZEROZLIN ; Exposição ISO 100, f / 1.2, 1/2500-segundo.

    A iluminação de tungstênio lança luz amarela, enquanto a iluminação fluorescente acende uma luz azulada. Se você não quiser a conversão de cores, use o controle de equilíbrio de branco da câmera para neutralizá-la.

    Artigo escrito por Tanny Jones para a página Picture Correct.

    Curtiu as dicas e quer aprofundar os seus conhecimentos em relação ao manuseio da iluminação em seus ensaios fotográficos para se destacar no mercado? Não deixe de conferir o nosso Workshop Bolt – A Luz nos Ensaios Fotográficos.

    Confira mais posts sobre fotografia em nosso BLOG!

    VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR