• 6 razões para fotografia analógica em 2018

    21/03/2018

    Venho fotografando analógico por quase 4 anos agora e tudo que posso dizer é: fotografia analógica promoveu uma grande mudança na minha vida e no que eu penso sobre o que significa produzir uma imagem fotográfica. Meu primeiro grande contato com fotografia analógica foi durante a faculdade e eu nunca imaginaria que estaria fotografando com filme hoje, em 2018.

    analogico

    Quando minha antiga professora nos colocou dentro de uma sala escura eu me lembro claramente de terminar a aula dizendo a mim mesmo que eu nunca iria entrar novamente em um laboratório de fotografia na vida. O cheiro era terrível e todo o trabalho de carregar o filme na câmera pra ter uns poucos cliques e depois processar aquilo tudo quimicamente dentro de uma sala escura parecia atrasadíssimo para mim, no distante 2007. Digital já era o padrão para a maioria dos fotógrafos e isso não era diferente pra mim.

    analogico portrait
    Eu me tornei analógico completo hoje para todo o meu trabalho de retrato.

    Meu segundo contato com fotografia analógica foi em 2012, quando eu descobri que um colega do trabalho tinha uma Canon AE-1 e a usava pra fotografar seus projetos pessoais. Eu também me lembro claramente de dizer a ele o quão louco e errado ele era, por usar uma tecnologia tão ultrapassada que estaria extinta em alguns anos.

    A virada aconteceu em 2014, quando eu descobri que médio formato seria o sistema perfeito para meu tipo de fotografia, e que uma câmera digital de médio formato era naquele tempo o mesmo preço do meu carro. Foi quando eu decidi comprar minha primeira câmera analógica de médio formato, uma Mamiya de chapa 6×4,5cm.

    Daquela data em diante, o eu do futuro ficaria sempre imaginando o que o eu do passado diria sobre aquela escolha, já que eu me apaixonei com filme assim que eu vi os primeiros resultados e evoluí para hoje fotografar analógico quase que exclusivamente.

    Este artigo é uma resposta para todas as pessoas que me perguntam porque eu ainda fotografo analógico, já que isto parece ser um mistério para a maioria deles. Absolutamente, isto não é um artigo do tipo digital versus analógico e meu objetivo principal é apresentar as câmeras de filme como uma ferramenta viável para alguns tipos de trabalhos e práticas, assim como câmeras digitais são viáveis também para outras coisas.

     

    #1. Planeje ou pereça

    Durante meus primeiros ensaios usando uma câmera de médio formato, percebi que não poderia mais errar como errava no digital. Filmes coloridos em preto e branco são muito caros aqui no Brasil e não era meu plano diminuir consideravelmente a minha conta bancária à medida que tirava fotos. Percebi que precisaria de uma dose muito maior de planejamento do que eu estava acostumado a fazer quando fotografando digital.

    mulher foto analógica
    Este é um bom exemplo de planejamento de imagens à frente. Eu comprei e cortei alguns cenários de papel para este tiroteio. Normalmente eu sempre começo uma filmagem sabendo exatamente o que vou fazer.

    Quando você fotografa analógico, como padrão, você clica muito menos e aumenta muito a qualidade do clique. Você tende a pensar duas (ou três) vezes antes de apertar o botão de disparo e aprende rápido a identificar o tipo de material da vida que vai prover a você grandes imagens.

    Não consigo contar o número de vezes que posicionei uma modelo em um lugar, olhei pelo viewfinder e depois de poucos minutos de tentativas de compor a cena disse “não, vamos passar pra próxima foto, vamos esquecer esta”. Mesmo para fotógrafos digitais, filme é uma excelente maneira de praticar a visualização de imagens primeiro na sua mente, e focar somente em coisas que vão realmente funcionar com seus objetivos.

    psicina mulher analógica

    Você tende e ficar mais atento às coisas acontecendo ao seu redor porque você clica menos, e clicando menos você ganha mais tempo de sobra para fazer o que realmente importa: interagir com pessoas, se ligar com os seus modelos, interagir com o cenário e explorar lugares, etc. Você aprende que fotografia não é sobre o que acontece dentro da câmera, mas o que acontece fora dela. E já que o que acontece fora da câmera é o que faz boas fotos, você se importa mais com as coisas ao redor.

     

    # 2. #2. Ao usar filme você olha para o futuro

    Isto pode ser novo pra você mas eu tenho que dar a notícia. Câmeras analógicas não têm telas para que você possa checar as imagens. Sim, é verdade. E já que isto é verdade para todas as câmeras analógicas sem exceção, podemos dizer que fotografar analógico nos ajuda a interromper o mau hábito de checar fotos já feitas ao longo da sessão. A única tela que você irá checar é o visor e o que está aparece dentro dele: a imagem que você está à procura, não imagens que você já encontrou.

    foto analógica mulher

    Ao usar câmeras digitais, gastamos bastante tempo conferindo fotos, sem mencionar que a presença da tela cria uma tensão com as pessoas que você fotografa, já que eles têm a possibilidade e expectativa de ver como eles se saíram nas imagens.

    Foi justamente o que eu disse no primeiro tópico: o que importa mais acontece fora da câmera, e ao não ter nenhum LCD para conferir as imagens que você acabou de fazer te ajuda a focar no futuro e o que você vai fazer a seguir. A câmera se torna uma ponte que te leva ao futuro, nunca para o passado, pelo menos enquanto fotografando. Com câmeras digitais as pessoas tendem a se imergir na tela procurando fotos e, quando eles se dão conta, eles perderam contato com o mundo ao redor e as coisas acontecendo nele.

     

    #3. Você têm acesso a muitos equipamentos diferentes

    Apesar de isto estar mudando, no mundo digital não temos muitas opções de formatos de câmera como temos no analógico. Quando você tem, estes formatos são incrivelmente caros (sim, estou olhando pra vocês backs digitais de médio formato e grande formato).

    paisagem analógica mulher

    No mundo analógico nós temos opções baratas e acessíveis para qualquer formato de câmera que você precisar, dos pequenos frames do filme 110 às câmeras 8×10 de grande formato. Você pode sempre encontrar muitas opções para qualquer tipo de formato. Gosta das câmeras digitais “full frame”? Você pode comprar uma Canon EOS Elan 7 no Mercado Livre por um preço imbatível e usar todas as suas lentes EOS EF atuais da Canon na sua analógica. A minha câmera 35mm preferida, a Olympus OM20, pode ser encontrada por preços módicos, já incluso lente.

    Mesmo as câmeras de médio formato, inacessíveis para quase todos os fotógrafos, podem ser encontradas por preços muito bons. A minha Pentax 67 custou aproximadamente 1200 reais, com uma objetiva 135mm f/4. Não posso também deixar de mencionar que não temos médio formato “real” no mundo digital, já que a maioria dos sensores dos backs digitais atuais são versões cropadas do 645 (6 x 4,5cm), o menor dos frames para médio formato, e o mundo sabe: aquele look lindo do médio formato só é alcançado usando câmeras de 6×6 ou 6×7.

    photography analogic woman
    A “aparência de formato médio”, capturada usando uma câmera 6 × 7.

    Grande formato nem chega a existir no mundo digital, já que backs de scanner são extremamente caros, e extremamente limitados a áreas específicas de trabalho. A maioria dos fotógrafos de grande formato ainda utilizam filme.

     

    #4. Você realmente aprende a fotometrar

    Todo mundo faz isso: você realiza uma medição de luz descuidada, aperta o botão de disparo, olha a foto na tela e corrige a exposição no próximo clique. Você perde tempo e conexão com a cena quando confere a telinha da câmera. Algumas vezes a exposição nem importa. Se não estiver muito errado você pode recuperar as áreas escuras ou clara no pós, não é? No analógico você não pode fugir da obrigação de realizar uma fotometria perfeita.

    woman sleeping
    O mesmo vale para sessões de estúdio. Medição de luz para flash é muito importante e analógico realmente ajuda você a se tornar um fotógrafo melhor.

    Eu escuto muita gente dizer “a beleza do analógico é que você não sabe quais serão os resultados até revelar o filme”. Esta frase comum nunca esteve mais errada. Fotografar com câmeras analógicas é saber cada aspecto do que você faz, ou pelo menos tentar saber, e é assim que você aprende mais e mais.

    Você aperta o botão e sabe exatamente o que vai sair daquilo. Você viu a imagem e capturou ela. É claro, você não conseguirá mostrar outras pessoas antes de revelar e escanear o filme, mas você sabe o que você fez e têm controle do processo.

    woman smoking analogic

    Na minha opinião, a melhor estratégia para iniciantes na fotografia é aprender o básico no digital e praticar todos estes conceitos básicos depois de assimilados nas câmeras analógicas porque assim o estudante será forçado a aprender profundamente todos os assuntos que envolvam o ato de medir luz (fotometrar) e ajustar as variáveis da câmera.

     

    # 5. Você se torna mais eficiente

    Ao fotografar com filme você pratica bastante a arte de capturar o momento decisivo. Se você lida com objetos em movimento você precisará desenvolver muito seu senso de timing, tempo e espaço.

    analogic photography woman
    Um rolo de 120 filmes, dez exposições, US $ 20 por rolo, US $ 2 por clique (o filme é muito caro no Brasil). Se você não aprende rapidamente como fazer as coisas com poucas tentativas, vai à falência.

    Como um fotógrafo analógico você aprende a trabalhar como um relógio suíço, se tornando extremamente preciso. Além disso, a maioria das câmeras não têm outra função além do básico: controles de exposição manual e é isto. Estabilização de imagem, sistemas rápidos e eficientes de autofoco e todas as outras (não podemos negar, às vezes muito úteis) inovações tecnológicas. Com poucas exceções, quando você fotografa com filme é só você e aquela caixa de metal com uma lente em suas mãos. Digo mais uma vez, não há nada além do básico na câmera, então você pode focar em coisas fora da câmera.

     

    #6. Cores sensacionais

    A popularidade dos presets que imitam filme (como o VSCO) provam o que vou dizer: a renderização de cores dos filmes coloridos e os tons dos preto & branco são incríveis! Não há nada como as cores do filme no mundo digital Eu ainda não fui capaz de alcançar os mesmos resultados de cores que tenho no analógico utilizando câmeras digitais.

    woman acrobat
    Cores analógicas são a cereja no topo do bolo. Mesmo em filmes em preto e branco, as transições de tom prateado e cinza ainda são incomparáveis em câmeras digitais.

    Como eu disse antes, eu comecei na fotografia analógica porque queria opções de formato médio baratas. Eu encontrei essas opções, mas hoje eu digo que ainda uso analógico porque descobri cores que nunca imaginaria um dia que uma câmera seria capaz de produzir.

    Além disso, com uma câmera analógica, você pode ter acesso a uma infinidade de diferentes “sensores” com diferentes renderizações de cores, pois você pode usar um filme hoje e outro filme de outra marca no outro dia. Por exemplo, os meus favoritos são Kodak Portra 400 e 800 para a maioria das situações, mas adoro usar o Fuji PRO 400H ao disparar em lugares com muito verde por causa dos tons verdes que ele fornece.

    mulher fundo amarelo

    A extensa latitude que o filme oferece (contanto que você fotometre e o processe corretamente) é outra coisa que você não irá encontrar em nenhuma câmera digital, com exceção das mais caras. Qualquer filme barato desses que encontramos na loja da esquina tem a latitude potencial comparável a qualquer câmera full frame topo de linha.

    Filme tem uma grande capacidade de armazenar luz, com a vantagem de que se você superexpor a fotometria você não perderá as altas luzes, dando somente um impulso nas sombras. Quando o processo de fazer a foto está acontecendo, as áreas de altas luzes se saturam e param de armazenar luz tão rápido quanto as partes de sombra. Quando nós medimos a luz para filme, sempre pensamos em termos de contraste. Superexpondo temos mais informação de sombras e menos contraste, subexpondo temos mais contraste e menos sombra.

    mulher luz e sombra analógica

    mulher fundo azul água mulher foto analógicafotografia analógicafotografia analógica mulher rio

    Pensamentos finais

    Não, ninguém irá abandonar fotografia digital para fotografar só analógico nos dias de hoje, e nem é este o meu argumento. Eu espero ter sido capaz de apresentar as câmeras analógicas como uma opção viável para:

     

    1. ter acesso a diferentes formatos de câmera sem precisar falir;
    2. se forçår a praticar o básico da fotografia de maneira mais aprofundada;
    3. aprender a se ligar mais com o mundo fora da câmera e passar menos tempo imerso em uma tela;
    4. ter um equipamento capaz de produzir resultados diferentes do seu equipamento digital.

     

    Meu outro objetivo é encorajar mais pessoas a começar a usar filme. Seria uma vergonha deixar esta indústria morrer quando tantas imagens importantes na história do mundo foram criadas utilizando esta mídia. Filme ainda está vivo. Vamos mantê-lo assim.

     

    [ via Neto Macedo netomacedo.com, Autor das fotos e do Post ]

     

    Se você gostou dessas dicas e quer aprender mais, aproveite para descobrir outros conteúdos interessantes aqui no nosso blog! Acompanhe também as nossas páginas no Instagram e Facebook.

     

     

    VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR