• 20 mudanças de atitudes que influenciarão diretamente na qualidade de sua fotografia

    14/01/2019

    Às vezes, o que nos detém na fotografia não é a falta de conhecimentos técnicos ou de novos equipamentos, mas de não crescer mais como pessoas. Antes de tentar melhorar suas fotos por meio de câmeras, lentes e um novo flash, tente trabalhar em seus sentimentos mais frágeis. Uma vez que você tenha se tornado uma pessoa melhor, sua forma de ver o mundo e de fotografar também irá mudar.

    Confira 20 problemas de personalidade que, quando resolvidos, podem ajudá-lo a crescer como fotógrafo!

    1 – Não seja preguiçoso.

    Se você sempre tem uma sensação incômoda de que deveria estar realizando mais, então agora é a hora de fazê-lo. Vá até o final com seus ideias, não deixe projetos incompletos se acumularem.

    Você pode passar horas percorrendo as fotos que outros fotógrafos tiraram, sempre cobiçando seus projetos. Ou você pode sair do sofá para terminar um dos seus próprios projetos.

    2 – Trabalho em excesso.

    Talvez você não seja preguiçoso, talvez você trabalhe demais. E isso também é um problema: você deixa de dar atenção às outras coisas importantes da vida.

    Quando você passa mais tempo com seus amigos e família e um pouco de tempo de inatividade, você cresce em sua criatividade e faz coisas maiores quando volta ao trabalho.

    3 – Organização.

    Arrume a bagunça, simplifique sua vida.

    Por exemplo, quando você chega em casa com seu cartão de memória cheia, o que você faz? Simplesmente joga suas fotos em um disco rígido ou você organiza elas?

    Quando suas fotos estão em um só lugar, é fácil fazer o backup delas e saber que estão seguras.

    4 – Abrace um pouco de caos.

    Talvez você seja tão organizado na vida que não aguente nenhum caos.

    Em vez de planejar meticulosamente cada detalhe de sua vida, deixe algumas coisas ao acaso. Permita uma espontaneidade surpreendente e veja onde isso leva você.

    5 – Seja mais gentil.

    Eu recomendo que você trabalhe em ser mais educado. Vai ser difícil, mas tente morder sua língua de vez em quando.

    Pratique dizendo uma coisa boa para cada cliente ou fotógrafo em sua vida. Quando você aprende a ajudar os outros a crescer, você também cresce profundamente.

    6 – Aprenda a dizer “NÃO”.

    Não entenda mal a natureza da bondade, deixando as pessoas se aproveitarem de você. Se você não deve fazer, você não vai fazer.

    Claro, você tem um coração de ouro. Mas acorde e veja que deixar as pessoas se aproveitarem de você não é uma atitude legal.

    7 – Seja um voluntário.

    Se você sabe que a compaixão é um ponto fraco para você, então você deve oferecer suas habilidades fotográficas.

    Saia e trabalhe de graça, deixando uma família feliz ou uma instituição de caridade entusiasmada com suas fotos. Você vai adorar a experiência!

    8 – Compaixão tem limites.

    Muitos fotógrafos sofrem desgaste em seus negócios de fotografia. Uma das principais razões é que eles cobram muito pouco pelos seus serviços.

    Cobre um preço que é justo para você e para seu cliente. Não se sinta obrigado a dar descontos a todos. Equilibre bons negócios e suas próprias buscas fotográficas com compaixão por aqueles que realmente precisam.

    9 – Aprenda a aceitar o estresse.

    Você se vê constantemente se irritando ou querendo chorar por estresse? Você precisa aprender a aceitar as coisas difíceis mais graciosamente. Pode não ser fácil.

    Afaste-se de situações dramáticas e espere para responder quando estiver em paz. Você vai achar muito mais fácil lidar com críticas à sua fotografia, clientes difíceis e assuntos indisciplinados.

    10 – Reconheça que às vezes suas emoções te enganam.

    Você sente vontade de chorar quando recebe críticas? Fica chateado?

    Mas e se você pudesse receber essa crítica sem a enxurrada de emoções negativas esmagadoras? Às vezes, as situações não é tão ruim quanto suas emoções estão lhe dizendo.

    11 – Relacione com pessoas.

    Gastar tempo sozinho é bom, mas odiar estar perto de pessoas não é uma coisa boa.

    Mesmo se você é um fotógrafo que não trabalhe diretamente com pessoas, fotografe paisagens ou vida selvagem, você se beneficiará de amizades e relacionamentos com outros fotógrafos. Você pode até expandir sua fotografia incluindo pessoas em sua paisagem e fotos da vida selvagem.

    12 – As pessoas não estão pensando em você.

    As pessoas não pensam coisas ruins sobre você e, grande partes delas não passa muito tempo pensando em você.

    Se a fotografia de rua é a sua área, não tenha medo de realmente abordar as pessoas na rua para um retrato. Elas não vão pensar coisas ruins de você, talvez elas até gostem.

    13 – Seja assertivo.

    Se você está com muito medo de assumir o controle de suas sessões de retrato, dirigir melhor os seus clientes, então você precisa crescer em sua assertividade.

    As pessoas gostam de uma certa dose de assertividade. A maioria dos seus clientes prefere que você esteja no controle da situação.

    14 – Não seja um maníaco por controle.

    Ser assertivo é uma ótima qualidade, a menos que você exagere!

    Apesar de você ser assertivo e estar no controle da situação, você também deve deixar as pessoas respirarem e ouvir suas ideias. Deixa as pessoas serem elas mesmas.

    15 – Anime-se!

    Você passará por períodos em que simplesmente não sentirá o mesmo amor pela fotografia que costumava sentir. Tudo bem. Mas a melhor maneira de sair dessa crise é agir como se você amasse. Vá atrás das coisas que você mais gostava de fotografar no começo da sua jornada.

    16 – Não pule em todas oportunidades.

    Você pode ser muito entusiasmado com a fotografia, aproveitando todas as oportunidades que surgem, aceitando todos os trabalhos que estão aparecendo na sua frente.

    Diminua a velocidade e só se comprometa com o que você é melhor ou o que você quer aprender mais.

    17 – Saia de casa.

    Você se sente tão inseguro sobre coisas que evita novas situações? Faça algo novo!

    Encontre novas paisagens. Conheça novas pessoas. Tente uma forma de arte diferente.

    18 – Reflita sobre o que você conheceu.

    O que você está aprendendo sobre você, as outras pessoas e o mundo ao seu redor? Como sua fotografia melhorou? Como você pode melhorar mais?

    19 – Leia um livro sobre um fotógrafo.

    Talvez você saiba tudo sobre todas as técnicas de fotografia, mas nada sobre a essência da fotografia.

    Talvez você saiba pouco sobre a parte profundamente humana da fotografia.

    Aprenda sobre as experiências que esse fotógrafo viveu durante sua carreira.

    20 – Procure inspirações.

    Se você está sempre lendo e vendo fotos de outros fotógrafos, tente trazer algo novo pra sua fotografia.

    Confira mais posts em nosso BLOG!

    VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR