alanya escort alanya escort alanya escort escort konya gay porno gay porno türbanlı porno Hacklink Hacklink satışı Hack link estrogenolit hapı
  • Auto-retrato: Por que se fotografar?

    28/07/2015

    A necessidade e importância de se auto retratar surge bem antes da nossa tão conhecida selfie. Na história da arte ela vem junto com a acessão do artista `a nobreza e ao meio intelectual, tendo inicio no século XV. Ter sua imagem reconhecida era uma maneira de auto-promoção, o que poderia tomar proporções extremas, como o caso de Albrecht Dürer (1471-1528), conhecido por sua extensa série de auto-retratos, cujo último e mais conhecido deles exibe uma figura com feições semelhantes às de Jesus Cristo. De acordo com Dürer, um artista que se torna um verdadeiro mestre tem tanta importância quanto Deus ou Jesus.

    escola de imagem, aprenda a fotografar, curso de fotografia, workshop de fotografia, melhore sua fotografia, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, escola de imagem RJ, projeto de fotografia, projeto fotográfico, melhorar minha fotografia, workshop, Workshop de fotografia, belo horizonte, rio de janeiro, bh, rj, fotografia, fotógrafo, fotografia bh, fotografia rj, fotografia belo horizonte, fotografia rio de janeiro,  Maior escola de fotografia da américa latina, profissão fotógrafo, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj

    Os porquês de se auto-retratar são diversos, cada um `a sua época e `as necessidades de cada artista. Na pintura, depois de Dürer, temos alguns outros nomes mais conhecidos como Rembrandt (1606-1669), cujas pinturas poderiam ser uma espécie de biografia, uma leitura sincera e fiel ao aspecto físico e interior do artista, nas diferentes etapas de sua vida.

    escola de imagem, aprenda a fotografar, curso de fotografia, workshop de fotografia, melhore sua fotografia, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, escola de imagem RJ, projeto de fotografia, projeto fotográfico, melhorar minha fotografia, workshop, Workshop de fotografia, belo horizonte, rio de janeiro, bh, rj, fotografia, fotógrafo, fotografia bh, fotografia rj, fotografia belo horizonte, fotografia rio de janeiro,  Maior escola de fotografia da américa latina, profissão fotógrafo, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj

    Van Gogh (1853-1890), 200 anos depois, pintou cerca de 35 auto-retratos buscando também essa relação com o próprio corpo, cujo ponto culminante é a mutilação de sua orelha.

    escola de imagem, aprenda a fotografar, curso de fotografia, workshop de fotografia, melhore sua fotografia, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, escola de imagem RJ, projeto de fotografia, projeto fotográfico, melhorar minha fotografia, workshop, Workshop de fotografia, belo horizonte, rio de janeiro, bh, rj, fotografia, fotógrafo, fotografia bh, fotografia rj, fotografia belo horizonte, fotografia rio de janeiro,  Maior escola de fotografia da américa latina, profissão fotógrafo, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj

    Frida Khalo (1907-1954), em seus auto-retratos, revela sua história sofrida, marcada pelo grave acidente sofrido aos 18 anos que deu início `a sua carreira artística. O bonde em que ela andava colidiu com um trem, deixando-a meses entre a vida e a morte. Por conta do para-choque que atravessou sua pélvis, Frida passou a usar um colete ortopédico e recebeu a recomendação de evitar que engravidasse, o que a privava do seu sonho de ser mãe. Todas essas frustrações e a trajetória de recuperação são claramente representadas em suas pinturas. A artista pintou cerca de 55 auto-retratos e sobre eles ela dizia “pinto a mim mesma porque sou sozinha e porque sou o assunto que conheço melhor”.

    escola de imagem, aprenda a fotografar, curso de fotografia, workshop de fotografia, melhore sua fotografia, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, escola de imagem RJ, projeto de fotografia, projeto fotográfico, melhorar minha fotografia, workshop, Workshop de fotografia, belo horizonte, rio de janeiro, bh, rj, fotografia, fotógrafo, fotografia bh, fotografia rj, fotografia belo horizonte, fotografia rio de janeiro,  Maior escola de fotografia da américa latina, profissão fotógrafo, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj

    Na fotografia não é diferente, se auto-retratar pode vir com a necessidade de se auto-conhecer, se autopromover, desenvolver um conceito e/ou expor uma crítica. Nascida em 1926, Vivian Maier fotografava compulsivamente pelas ruas de Nova York. Seus retratos, encontrados anos depois de sua morte, foram vendidos em um leilão para o corretor de imóveis John Maloof. Eram cerca de 30 mil negativos vendidos `a 400 dólares. Maloof, que se interessou pelo conteúdo das imagens, foi atrás do restante dos negativos, somando cerca de 100.000, ainda nos rolos, que foram todos revelados por ele. O trabalho encontrado foi surpreendente, resultando em exposições, livro e até mesmo um documentário. Dentre estas fotografias, havia também um extenso acervo de auto-retratos que expressavam bem a maneira como Vivian era descrita pelas pessoas com as quais trabalhou como babá: misteriosa, introvertida e reservada.

    escola de imagem, aprenda a fotografar, curso de fotografia, workshop de fotografia, melhore sua fotografia, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, escola de imagem RJ, projeto de fotografia, projeto fotográfico, melhorar minha fotografia, workshop, Workshop de fotografia, belo horizonte, rio de janeiro, bh, rj, fotografia, fotógrafo, fotografia bh, fotografia rj, fotografia belo horizonte, fotografia rio de janeiro,  Maior escola de fotografia da américa latina, profissão fotógrafo, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj

    escola de imagem, aprenda a fotografar, curso de fotografia, workshop de fotografia, melhore sua fotografia, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, escola de imagem RJ, projeto de fotografia, projeto fotográfico, melhorar minha fotografia, workshop, Workshop de fotografia, belo horizonte, rio de janeiro, bh, rj, fotografia, fotógrafo, fotografia bh, fotografia rj, fotografia belo horizonte, fotografia rio de janeiro,  Maior escola de fotografia da américa latina, profissão fotógrafo, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj

     

    escola de imagem, aprenda a fotografar, curso de fotografia, workshop de fotografia, melhore sua fotografia, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, escola de imagem RJ, projeto de fotografia, projeto fotográfico, melhorar minha fotografia, workshop, Workshop de fotografia, belo horizonte, rio de janeiro, bh, rj, fotografia, fotógrafo, fotografia bh, fotografia rj, fotografia belo horizonte, fotografia rio de janeiro,  Maior escola de fotografia da américa latina, profissão fotógrafo, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj

    Na segunda metade do século XX, com a acensão da arte contemporânea, a mera representação ou documentação, isto é, a necessidade de se aproximar do tão polêmico contraditório “real”, se torna secundária e a experimentação é cada vez mais frequente. Um belo exemplo disso é o trabalho da artista Cindy Sherman (1954), que através da fotografia, representa o papel da mulher na sociedade. Em uma de suas sérias mais famosas, “Untitled film stills”, ela constrói através de imagens de si mesma, personagens femininas criadas por esteriótipos do cinema, televisão e publicidade americana, questionando os clichês da feminilidade. Aqui o auto-retrato se torna um meio de expressão, onde o corpo do artista é a própria tela.

    escola de imagem, aprenda a fotografar, curso de fotografia, workshop de fotografia, melhore sua fotografia, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, escola de imagem RJ, projeto de fotografia, projeto fotográfico, melhorar minha fotografia, workshop, Workshop de fotografia, belo horizonte, rio de janeiro, bh, rj, fotografia, fotógrafo, fotografia bh, fotografia rj, fotografia belo horizonte, fotografia rio de janeiro,  Maior escola de fotografia da américa latina, profissão fotógrafo, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj

    Na mesma época, Francesca Woodman (1958-1981) trabalhava as relações do corpo e espaço, utilizando da performance para tal. O seu trabalho pode ser inclusive uma fonte de estudo para o entendimento da sua breve vida, que terminou com suicídio aos 22 anos. Na maneira com que ela construía suas fotografias é possível perceber a sua necessidade de atenção e contraditoriamente a de ser invisível. Na maioria delas, a artista se posiciona nos cantos da foto ou se funde com o ambiente, como quem está prestes a desaparecer.

    escola de imagem, aprenda a fotografar, curso de fotografia, workshop de fotografia, melhore sua fotografia, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, escola de imagem RJ, projeto de fotografia, projeto fotográfico, melhorar minha fotografia, workshop, Workshop de fotografia, belo horizonte, rio de janeiro, bh, rj, fotografia, fotógrafo, fotografia bh, fotografia rj, fotografia belo horizonte, fotografia rio de janeiro,  Maior escola de fotografia da américa latina, profissão fotógrafo, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj

    escola de imagem, aprenda a fotografar, curso de fotografia, workshop de fotografia, melhore sua fotografia, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, escola de imagem RJ, projeto de fotografia, projeto fotográfico, melhorar minha fotografia, workshop, Workshop de fotografia, belo horizonte, rio de janeiro, bh, rj, fotografia, fotógrafo, fotografia bh, fotografia rj, fotografia belo horizonte, fotografia rio de janeiro,  Maior escola de fotografia da américa latina, profissão fotógrafo, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj

    escola de imagem, aprenda a fotografar, curso de fotografia, workshop de fotografia, melhore sua fotografia, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, escola de imagem RJ, projeto de fotografia, projeto fotográfico, melhorar minha fotografia, workshop, Workshop de fotografia, belo horizonte, rio de janeiro, bh, rj, fotografia, fotógrafo, fotografia bh, fotografia rj, fotografia belo horizonte, fotografia rio de janeiro,  Maior escola de fotografia da américa latina, profissão fotógrafo, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj

     

     

    escola de imagem, aprenda a fotografar, curso de fotografia, workshop de fotografia, melhore sua fotografia, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, escola de imagem RJ, projeto de fotografia, projeto fotográfico, melhorar minha fotografia, workshop, Workshop de fotografia, belo horizonte, rio de janeiro, bh, rj, fotografia, fotógrafo, fotografia bh, fotografia rj, fotografia belo horizonte, fotografia rio de janeiro,  Maior escola de fotografia da américa latina, profissão fotógrafo, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj

     

    Nos últimos meses de vida, Francesca passa a dominar o espaço, quase que se tornando mais importante que ele, o que pode ser percebido na imagem ao lado, onde a artista se coloca como as colunas de um templo e o seu corpo quase em tamanho real. No entanto, ela sucumbe a depressão e se mata saltando de um prédio.

    escola de imagem, aprenda a fotografar, curso de fotografia, workshop de fotografia, melhore sua fotografia, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, escola de imagem RJ, projeto de fotografia, projeto fotográfico, melhorar minha fotografia, workshop, Workshop de fotografia, belo horizonte, rio de janeiro, bh, rj, fotografia, fotógrafo, fotografia bh, fotografia rj, fotografia belo horizonte, fotografia rio de janeiro,  Maior escola de fotografia da américa latina, profissão fotógrafo, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj

    O auto-retrato continua buscando diferentes meios e propósitos. O meio que utiliza o artista Rodrigo Braga (1976), no qual ele “mede forças com a natureza”, é dos mais polêmicos atualmente. Seu trabalho é uma mescla de diferentes tipos de arte, como fotografia, performance, manipulação digital e vídeo, onde ele busca novos sentidos para elementos simbólicos da natureza. Em seu trabalho mais polêmico, Rodrigo costura em seu próprio rosto partes de um cachorro Rottweiler que seria sacrificado

    escola de imagem, aprenda a fotografar, curso de fotografia, workshop de fotografia, melhore sua fotografia, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, escola de imagem RJ, projeto de fotografia, projeto fotográfico, melhorar minha fotografia, workshop, Workshop de fotografia, belo horizonte, rio de janeiro, bh, rj, fotografia, fotógrafo, fotografia bh, fotografia rj, fotografia belo horizonte, fotografia rio de janeiro,  Maior escola de fotografia da américa latina, profissão fotógrafo, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj

    escola de imagem, aprenda a fotografar, curso de fotografia, workshop de fotografia, melhore sua fotografia, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, escola de imagem RJ, projeto de fotografia, projeto fotográfico, melhorar minha fotografia, workshop, Workshop de fotografia, belo horizonte, rio de janeiro, bh, rj, fotografia, fotógrafo, fotografia bh, fotografia rj, fotografia belo horizonte, fotografia rio de janeiro,  Maior escola de fotografia da américa latina, profissão fotógrafo, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj

     

    escola de imagem, aprenda a fotografar, curso de fotografia, workshop de fotografia, melhore sua fotografia, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, escola de imagem RJ, projeto de fotografia, projeto fotográfico, melhorar minha fotografia, workshop, Workshop de fotografia, belo horizonte, rio de janeiro, bh, rj, fotografia, fotógrafo, fotografia bh, fotografia rj, fotografia belo horizonte, fotografia rio de janeiro,  Maior escola de fotografia da américa latina, profissão fotógrafo, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj

    A fotografia, não apenas para o artista, sempre carrega um pouco de nós, mesmo que quando tirada de outra pessoa ou para outra pessoa. Se auto-retratar pode não ser uma opção para alguns, mas o exercício é sempre interessante e revelador. Já vimos que as razões podem ser diversas, de acordo com a necessidade e tempo de cada um ,seja para nos conhecer um pouquinho melhor ou simplesmente para conhecer o outro e o espaço em que habitamos.

     

    Maria Vaz é estudante de Artes Plásticas, ex aluna e professora da Escola de Imagem. Ela é especialista em fotografia de retratos, já tendo alguns de seus trabalhos publicados em diversos veículos de renome, como o projeto Desfrute. Ela ministra alguns módulos do Completo de fotografia na Escola de Imagem. Para ver mais sobre o trabalho da professora Maria acesse seu site ou sua fanpage.