Porque o Instagram resolveu quebrar seu formato

2.September.2015
autor marketing

aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, filter, uv, filtro, shutterstock

O instagram quebrou as barreiras de seu formato quadrado, anunciando ao mundo que pretende continuar a plataforma dominante em conteúdo visual no mundo. Inicialmente criado para que toda foto aparecesse em tela cheia nos dispositivos e em qualquer orientação, o formato quadrado também faz referência ao formato da Polaroid, adicionando um toque de nostalgia. Então por que mudar?

14 milhões de espaços em branco por dia

Falando em números: 1 em cada 5 imagens postadas no Instagram tem espaços em branco porque a imagem foi capturada usando outro aplicativo, que certamente não tinha as mesmas restrições. Sendo o aplicativo dominante no mercado, seria agradável permanecer com a mesma forma, mas reconhecendo o crescente aparecimento de concorrentes que oferecem as mesmas molduras horizontais e verticais que estamos acostumados, o Instagram resolveu se mexer.

aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, filter, uv, filtro, shutterstock

Como o irmão mais novo do Facebook, o app tem ido na mesma direção. O tráfego de vídeos está explodindo no facebook (mais de 4 bilhões por dia), o Instagram não podia deixar de fazer parte dessa festa. O problema é que para a foto é simples reformulá-la em versão quadrada, isso não acontece com os vídeos.

Em outras palavras, a menos que um video seja filmado com o Instagram ele pode se tornar uma frustração e decepção. O que para a publicidade também pode acabar sendo uma enorme dor de cabeça.

 

A enorme ascensão dos vídeos verticais

Com a expansão do Snapchat, o Instagram também precisou se certificar de não deixar essa porta aberta. O efêmero app vem incitando este formato, que são vistos 9x mais que os videos horizontais. Enquanto este não é um formato elegante de se apresentar um vídeo, o vertical ganhou popularidade com milhões de usuários segurando seus celulares nessa posição para filmar e também para assistir.

Instagram Video em formato paisagem – Exemplo do Instagram no Vimeo.

Mas  Snapchat não é a única razão. Em um artigo recente no New York Times, Jon Steinberg, chefe executivo do The Daily Mail’s North American fez uma citação: “Nós estamos trabalhando para conseguir que 100% dos videos sejam verticais. Nós achamos o envolvimento muito maior, os usuários ficam mais satisfeitos e há uma maior visibilidade neles.

Na mesma veia, o Youtube teve um crescimento de 50% nas videos verticais. Sendo assim, o app foi atualizado para permitir que estes videos fossem vistos em tela cheia.

Obviamente, as fotos também podem ser apresentadas em um formato retangular, tanto na vertical quanto horizontal. Afinal de contas, ninguém possui uma tela quadrada em seu telefone. Usar o formato real da imagem é uma adição interessante. Também vai permitir anúncios mais criativos e com mais espaço.

Para o Instagram, deixar o formato quadrado foi um ponto importante para garantir sua integridade e relevância em um ambiente que muda muito rápido. Será que mantendo os interesses de seus usuários em mente eles irão equilibrar essa balança?

 


Sobre o Autor: Paul Melcher é um fotógrafo eempresário de New York. Fundador da revista de novidades e espaço tecnológico Kaptur. Você encontra mais artigos como esse em seu blog:  Thoughts of a Bohemian. Melcher oferece seu trabalho como consultor também. Este artigo foi publicado no site PetaPixel e traduzido livremente.


 
Porque o Instagram resolveu quebrar seu formato

Primeira edição da Revista Ensaio Fotográfico

1.September.2015
autor marketing
aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, filter, uv, filtro, shutterstock
Foi publicada a primeira edição da revista Ensaio Fotográfico, editada pesquisador, produtor cultural e professor da Escola de Imagem, Flávio Valle. A publicação semestral tem como objetivo promover a fotografia autoral e a pesquisa em fotografia produzida em Belo Horizonte no cenário nacional e internacional.
A revista opera com uma linha editorial que abrange distintas concepções da fotografia, as quais vão desde investigações acerca de processos históricos até o desenvolvimento de linguagens contemporâneas!
Nesta primeira edição, são publicados 4 ensaios fotográficos e 2 ensaios críticos sobre fotografia: em Este novo lugar, a fotógrafa Helena Rios propõe uma ressignificação do espaço por meio do processo fotográfico; Laura Fonseca, em Hotel Esplêndido, narra o cotidiano das mulheres que trabalham como prostitutas em hotéis da Rua Guaicurus; em Exílio, Daniela Paoliello exibe a relação que seu corpo estabelece com a natureza ao seu redor em uma performance que realiza para a câmera; Guilherme Bergamini, em Educação para todos, registra o abandono da educação no país; em Fotografia, mediação e pesquisa biográfica, a pesquisadora Alexandra Simões apresenta o relato de uma pesquisa-ação de ensino em fotografia; Isabel Florêncio, em Fotografia e velocidade: o paradoxo do olhar, debate a temporalidade do gesto fotográfico por meio do comentário da obra de quatro fotógrafos contemporâneos alemães.A publicação é distribuída gratuitamente, em formato eletrônico, no site www.revistaensaiofotografico.com

Não deixe de conferir!

 
Primeira edição da Revista Ensaio Fotográfico

Macrofotografia: como começar?

31.August.2015
autor marketing

2015, aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, serie, fotografica

Para começar a fotografar nesta área é mais que necessário se ter um kit de filtros close-up.

A macrofotografia é muito peculiar e trabalhosa, não espere poder realizá-la rapidamente. Requer tempo, paciência, atenção, equipamento e técnicas específicas… E principalmente… Prática! O foco e a profundidade extremamente críticas, fazem com que a macrofotografia exija muita habilidade do fotógrafo.

Percebo então, que a maior dificuldade que os fotógrafos encontram para realizar fotos macro são o equipamento e as técnicas corretas.

Uma objetiva macro é um equipamento caro e em alguns casos, específicas para essa modalidade fotográfica. Mas existem outras opções interessantes, e que podem gerar bons resultados. Um kit de filtros close-up, por exemplo, é bem mais barato que uma objetiva macro, e é ideal para quem vá começar na modalidade e não quer gastar muito. São verdadeiras lentes de aumento, que enroscadas em objetivas comuns permitem maior ampliação e proximidade de foco. São ideais para serem usadas em objetivas de 50mm, mas funcionam com outras distâncias focais próximas.

2015, aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, serie, fotografica

macro_006

2015, aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, serie, fotografica

2015, aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, serie, fotografica

Normalmente são vendidos kits contendo três filtros, +1, +2 e +4, sendo as ampliações de cada um crescentes respectivamente. Porém, os filtros podem ser sobrepostos, sendo assim seus valores de ampliação são somados. Existe a opção de filtros close-up com ampliações maiores, +10 por exemplo. A vantagem do kit é te dar mais opções de níveis de ampliação, mas lembre-se que, quanto mais vidros a luz atravessar, mais perda de nitidez terá.

2015, aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, serie, fotografica

Uma boa dica para quando for realizar uma macrofotografia, é fazer o foco por aproximação. Para isso, após rosquear os filtros close-up na sua objetiva, coloque o foco no manual e gire o anel de foco para a menor distância de foco possível. Agora, vá aproximando ou afastando do objeto até conseguir foco no local desejado. Observe que esse movimento deve ser sutil, e assim que conseguir nitidez no local desejado, faça o disparo.

2015, aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, serie, fotografica

Não há impedimento para fazer o foco girando o anel de foco da objetiva, mas em minha opinião é mais difícil, pois a profundidade de campo muitas vezes se resume a menos de  1 milímetro. Imagine você fotografando uma abelha, tentando focar o olho dela. Um pequeno movimento a mais pode facilmente tirar o foco do local desejado.

Manter o diafragma bem fechado se torna importante para aumentar a profundidade de campo, mas a perda de luz excessiva acaba exigindo uma fonte artificial, como um flash por exemplo.

macro_005

lavras-novas_012

Na natureza, insetos e pequenas flores são os principais motivos a serem fotografados, e descobrir os detalhes do mundo macro é algo fascinante. Contudo, deve-se ter bastante cautela, pois alguns insetos podem ser perigosos.

Seja bastante curioso quando estiver na natureza procurando motivos macro para fotografar, pois muitas vezes eles não estão diretamente expostos aos nossos olhos. Por isso, vasculhe bem embaixo de pedras, dentro de flores, atrás das folhas, sempre existe alguns insetos escondidos ali.

Boas fotos!!!

leia mais…

 
Macrofotografia: como começar?

Escolha sua câmera ideal e comece a fotografar hoje!

31.August.2015
autor marketing

2015, aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, serie, fotografica.1Prelude

Escolha as câmeras fotográficas ideais para você e comece a fotografar hoje!

 

Com tantas opções de câmeras no mercado, com certeza você já ficou na dúvida sobre qual modelo escolher. Será que vale a pena investir de cara em um mais profissional ou é melhor economizar e comprar um mais básico? Em primeiro lugar, antes de comparar modelos, tenha em mente que o grande responsável por uma boa foto é o fotógrafo. Claro que boas marcas e boas máquinas vão ajudar você a fazer uma imagem de excelente qualidade, mas o resto é fruto da sua criatividade. Tenha isso em mente antes de investir muito dinheiro em algo de que você talvez nem precise.

Para que você não fique com aquela sensação de que não fez a escolha certa ou de que foi enganado por aquele vendedor que ofereceu um modelo muito caro garantindo fotos perfeitas, aqui vai um guia rápido de máquinas fotográficas para iniciantes.

2015, aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, serie, fotograficaCompact Camera via Shutterstock

Câmeras compactas

Esse tipo de câmera é pequeno, simples de usar e tem um custo menor quando comparado a outros modelos, mas isso não significa que não podem fazer fotos de excelente qualidade. Elas vêm com um pequeno flash acoplado e um zoom três vezes superior ao ângulo de abertura. São ótimas para levar em pequenos passeios e fazer registros caseiros.

Essas são as mais comuns de encontrar no varejo e a variedade de marcas é grande. Por isso, cuidado quando um vendedor vier com a conversa de que câmera X é melhor que Y porque tem 20 megapixels. Isso não vai interferir tanto assim na qualidade da sua imagem.

Se você procura uma câmera como essa, pode apostar na Samsung WB350F.

2015, aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, serie, fotograficaSuperzoom via Shutterstock

Superzoom

Ideal para quem quer fotografias mais nítidas sem gastar muito, as superzoons oferecem um zoom óptico muito mais amplo sem comprometer a qualidade da imagem. Podem ser encontradas com os dois tipos de sensores: o CCD e o CMOS. O primeiro é mais básico, mas capaz de produzir imagens nítidas e com pouco ruído em ambientes com baixa iluminação. Já o CMOS captura cores com muito mais qualidade e realismo. Por isso, na hora de escolher sua superzoom, fique atento ao sensor, pois ele vai influenciar diretamente na qualidade da sua foto.

Além disso, tenha em mente que esse tipo de câmera não permite troca de lentes, então, se você quer experimentar e testar novidades, ou quer iniciar uma carreira profissional, esse pode não ser o modelo mais indicado.

Sugestão: Canon PowerShot SX50 HS.

2015, aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, serie, fotograficaMirrorless via Shutterstock

Mirrorless

Compacta, mas com recursos de DSLR, essas câmeras também são chamadas de híbridas. Esse modelo sem espelho proporciona a troca de lentes, o que oferece a mesma flexibilidade das profissionais para abranger vários segmentos da fotografia. Além disso, a mirrorless mantém a resolução próxima ou até melhor que as profissionais. Quer um bom modelo nesse estilo? Procure pela Nikon 1J1.

2015, aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, serie, fotograficaDLSR via Shutterstock

DSLRs

Se você quer levar a fotografia mais a sério, esse é o tipo de câmera ideal. A DSLR, também conhecida como a “câmera profissional”, é mais cara e possui muitas funções manuais, como a troca de lentes, foco, distância e ajuste de ISO.

Indicada para quem já entende um pouco mais sobre fotografia, ela perde em mobilidade, mas proporciona muitos recursos que vão garantir a mais alta qualidade nas suas fotos. Os modelos da Canon são ótimas para quem procura algo nesse estilo e um bom exemplo é a Canon EOS 60D.

Agora que você conhece as melhores máquinas fotográficas para iniciantes, é hora de colocar tudo em prática e criar registros incríveis! Se você tem dúvidas de como trabalhar cada uma dessas câmeras entre em contato com nossa equipe de consultores (contato@escoladeimagem.com.br ou 0800 6013264) e conheça ocurso básicocurso completo intensivo e o curso completo extensivo!

Ainda tem dúvidas? Deixe seu comentário aqui e continue acompanhando nosso blog para conferir mais dicas e novidades!

 


 
Escolha sua câmera ideal e comece a fotografar hoje!

Quando usar o Filtro UV?

24.August.2015
autor marketing

aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, filter, uv, filtro, shutterstock

UV Filter via Shutterstock

O que são filtros?

Filtros são aquelas lentes que enroscamos na frente da nossa objetiva. Existem filtros para mudança de tons, filtros de efeitos especiais, por exemplo. Mas depois que a fotografia digital se estabeleceu e o tratamento se desenvolveu, muitos deles caíram no esquecimento. Ainda sim, existem vários tipos de filtros usados atualmente. Falaremos aqui do mais usado, quase obrigatório, o filtro UV.

 

O filtro UV

Ele tem este nome por filtrar os raios ultra-violetas que incidem sobre o sensor/filme. Na teoria, ele realça um pouco mais as cores dos objetos, acontece que na prática esta diferença é quase imperceptível! Note como que até na embalagem do produto a diferença não é tão grande:

aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, filter, uv, filtro, shutterstock

 

UV Filter via Shutterstock

Como ele é um filtro barato e praticamente não faz nada na foto, usamos ele para proteção. Afinal, se o equipamento for exposto a sujeira, maresia ou acidentalmente tocarmos na objetiva com os dedos, é preferível que o filtro se suje do que a objetiva.

Qualquer filtro que seja anexado à objetiva é mais um obstáculo para a quantidade de luz e nitidez. Assim, certamente a sua foto será minimamente mais escura e correrá o risco de perder nitidez, principalmente se você usar um filtro ruim. Na minha opinião, se você tem uma lente profissional de alta qualidade, convém comprar filtros de marcas reconhecidas (Hoya, Tiffen e Cokin). Agora, se você tem uma lente de entrada (como a do kit da maioria das câmeras, não vejo necessidade de adquirir filtros top de linha.

A presença do filtro pode ainda gerar alguns flares na imagem (aqueles brilhos próximos a fontes de luz). Nos filtros de melhor qualidade isso não acontece tanto.

Prós:

- barato;

- fácil de encontrar;

- protege a lente.

Contras:

- perda de nitidez (principalmente nos filtros baratos);

- perda (ainda que pequena) de luz;

- aumenta as chances de flare.

aprenda a fotografar, Belo Horizonte, bh, blog fotografia, blog fotografia bh, blog fotografia rj, curso de fotografia, curso de fotografia bh, curso de fotografia rj, escola de fotografia bh, escola de fotografia rj, Escola de Imagem, Escola de Imagem Belo Horizonte, escola de imagem bh, escola de imagem rj, fotografia, fotografia belo horizonte, fotografia bh, fotografia rio de janeiro, fotografia rj, fotógrafo, Maior escola de fotografia da américa latina, melhorar minha fotografia, melhore sua fotografia, profissão fotógrafo, projeto de fotografia, projeto fotográfico, rio de janeiro, RJ, workshop, Workshop de fotografia, workshop de fotografia bh, workshop de fotografia rj, filter, uv, filtro, shutterstock

 

UV Filter via Shutterstock

Dica: Para saber qual o tamanho do filtro que vc deve comprar, procure o símbolo Ø na sua objetiva. Nas objetivas Canon, costuma estar na parte da frente da objetiva. Nas objetivas Nikon, na parte de baixo. Este símbolo refere-se ao diâmetro da rosca. Depois é só procurar o filtro com o mesmo diâmetro! Simples assim.

leia mais…


 
Quando usar o Filtro UV?